Facebook Gplus LinkedIn E-mail
magnify
Home Atividades Não-Letivas Prémios Geração Digital 2019

Geração Digital 2019

Competição anual de ideias na área da Engenharia promovida pela Siemens

O Politécnico de Leiria foi uma das entidades vencedoras no concurso Prémio Geração Digital 2019, promovido anualmente pela Siemens, que consiste numa competição de ideias para reconhecer jovens talentos e promover o ensino da Engenharia. A Escola Superior de Tecnologia e Gestão (ESTG) concorreu nesta edição do concurso com cinco projetos, dos quais três passaram à final, o que conferiu ao Politécnico de Leiria um galardão por ser a Universidade/Escola Superior com mais projetos inscritos.

“Virtualização de processos na Indústria 4.0” foi o projeto vencedor da categoria de Universidade/Escola Superior, da autoria de Tiago Neves, estudante de mestrado de Engenharia Eletrotécnica da ESTG, e orientado pelos professores Eliseu Ribeiro e Luís Perdigoto. Este projeto, conhecido por Digital Twin, foi elaborado em parceria com a Siemens Automation Academy da ESTG e a empresa Cadflow, e é um sistema de otimização contínua, formado pela interligação entre os sistemas físicos automáticos e as suas respetivas cópias virtuais.

O projeto “IMMS 4.0 – Injection Molding Machine Supervision”, da autoria de Eduardo Toste e João Pereira, estudantes da licenciatura em Engenharia Eletrotécnica e Computadores da ESTG, com orientação dos professores Eliseu Ribeiro, Luís Perdigoto e Joel Vasco, obteve uma menção honrosa. O projeto de final de curso, desenvolvido em parceria com a empresa Plásticos Santo António, consistiu na supervisão de uma máquina de injeção de plástico, para receber e tratar os dados durante cada ciclo de injeção de plástico, a fim de perceber o ponto ideal de transição da primeira para a segunda pressão.

Outra menção honrosa do concurso foi para João Ruivaco e João Santos, estudantes da licenciatura em Engenharia Eletrotécnica e Computadores da ESTG, com o projeto “Elevador 4.0”, com a orientação dos professores Eliseu Ribeiro e Luís Perdigoto. O trabalho teve como finalidade desenvolver um sistema automatizado para a criação de uma plataforma didática para a área de estudo da Automação Industrial, que, além do processo físico, disponibilize o acesso e o contacto com tecnologias emergentes da “Indústria 4.0”. Pretende-se assim uma plataforma aberta, configurável e versátil que permita a aprendizagem por experimentação prática.

A segunda edição do Prémio Geração Digital 2019 totalizou 13 candidaturas nas categorias de Mindsphere – MindApps, Digital Twin, BEE M2M e Virtual Comissioning de várias instituições de ensino nacionais. Para a final, que decorreu no passado dia 17 de janeiro, foram apurados 5 projetos, três dos quais das ESTG. A competição visa incentivar o desenvolvimento de ideias que possam contribuir para a modernização da Indústria nacional, permitindo fomentar o gosto dos jovens pela Engenharia e simultaneamente possibilitar a criação de projetos e a aproximação ao mundo empresarial.